SER BONITA

2012/11/12 § Deixe um comentário

Desde sempre beleza é um atributo extremamente valorizado. Filósofos, poetas, escritores, marqueteiros, discorrem, cada um à sua maneira, a seu respeito. Beleza apaixona, vende, seduz. Sua presença trazbenefícios. Por mais que queiramos ficar indiferentes a ela, ou produzir um discurso politicamente correto, afirmando que a beleza está na essência, entre a percepção da aparência, imediata, e a chegada à essência, mediata, há um degrau que favorece a aparência.<?XML:NAMESPACE PREFIX = O />

É mais fácil sentir a beleza do que defini-la. Como disse uma booker americana, é quando alguém entra por aquela porta e a gente se sente encantado. Ou, quando alguém passa pela rua e não conseguimos não olhar.

A uma diferenciação entre o ser bonita, visão biológica, evolucionista, o estar bonita e o SENTIR-SE bonita.

FICA A DICA

Anúncios

FELIZ OU INFELIZ

2012/11/08 § Deixe um comentário

  • Saúde, bem-estar e, em alguns casos,imagem são os mais importantes para essas pessoas.
  • Sabem que existe uma relação de causa- efeito entre sua alimentação e seu corpo.Compensam seus excessos.Não permitem que engordem.
  • Pessoas gordas focalizam em atingir um peso, mas as magras focalizam em como se sentem.Querem se sentir bem, leve e agíl.
  • Pessoas magras formam seus objetivos olhando para o futuro, imaginando como querem envelhecer, não visando atingir algum peso que tinham no passado.

As mentalidades para perder peso e estar magro são diferentes.Quem quer emagrecer tem que estar aberto à ideia de que é possivel perder peso, mas quem está magro não está nem um pouco aberto à ideia de engordar.Consequentemente, as mudanças feitas para perder peso devem finalizar com construção gradual de uma nova identidade de magro, fundada sobre uma nova hierarquia de valores e com crenças e comportamento novos.
A mudança mental de GORDO para MAGRO é grande, mas quem não faz, vai engordar novamente ou nunca vai emagrecer.

FICA A DICA

AME SEU CORPO

2012/11/07 § Deixe um comentário

Qualquer coisa ou qualquer pessoa que tente lhe dizer o que,onde, quando ou quanto comer está ensinando você a ignorar seu corpo
O excesso de peso é um sinal que seu corpo está dando de que não gosta de ser ignorado…
Para emagrecer, você precisa sentir-se mais no controle da sua vida e ficar em paz consigo mesmo.

FICA A DICA

Como a Cultura, a mídia, a moda, interferem na formação da auto imagem?

2012/11/06 § Deixe um comentário

Desde a boneca Barbie, presente na vida de 9 em cada 10 meninas e que, projetada em escala é inviável biologicamente falando, até as revistas de moda, desfiles, publicidade, novelas, cinema, fotografias etc, há supervalorização da magreza e do que a magreza pode fazer pela mulher, o que a torna cada vez mais longilínea. Todas as Misses de 1970 para cá tem IMC abaixo de 18. A Miss Suécia de 1951 tinha 1,71m de estatura, pesava 68,5 kg, correspondendo a um IMC de 23,4 que, embora normal, seria lamentado por qualquer mulher, estilista, publicitário, produtor de novela, fotógrafo, professor de educação física do nosso tempo, que a conclamariam a emagrecer. Já a Miss Suécia de 1980 tinha 1,75 m, pesava 49 kg e 16,05 de IMC! Minha querida Gisele Bündchen tem 1,79 m pesa 53 kg e IMC de 16,5. Mas aí está a questão: Gisele É NATURALMENTE ASSIM! SUA ESTRUTURA É ASSIM! GENÉTICAMENTE É FEITA DESTA FORMA! É uma exceção e NÃO REGRA GERAL! Como o campeão mundial dos 100m: É UMA EXCESSÃO! O absurdo é transformá-los em padrão.
A imensa maioria das heroínas da TV é excepcionalmente magra. Apenas 5 % estão acima do peso e em papéis jocosos ou caricatos. Assistimos de 400 a 600 comerciais/anúncios/propagandas/dia, todos com imagens femininas idealizadas, exageradamente magras, se tomadas como padrão.
Modelos exercem enorme influência sobre as adolescentes de forma geral e sobre a maneira que se sentem em relação ao próprio corpo. Vários estudos têm sido feito a respeito de como se sentem as adolescentes em relação ao próprio corpo comparando-se com modelos, influenciando-as a um emagrecimento antinatural e excessivo. Meninas que lêem freqüentemente revistas de moda têm de duas a três vezes mais chances de apelar para dietas restritivas a fim de perderem peso, mesmo aquelas que estão dentro de peso normal para a idade e a estrutura.
Desta forma, um padrão idealizado (e se é idealizado não é normal e, portanto, não é padrão) é passada em estímulos explícitos, encobertos e subliminares para as pessoas, especialmente para a mulher, que passa associar, como uma lei, sucesso pessoal, social, profissional, afetivo, enfim, a aceitação de modo geral, com imagens inviáveis de magreza, esquecendo-se do próprio biotipo e à própria estrutura física.

Como a Cultura, a mídia, a moda, interferem na formação da auto imagem?

2012/11/06 § Deixe um comentário

Desde a boneca Barbie, presente na vida de 9 em cada 10 meninas e que, projetada em escala é inviável biologicamente falando, até as revistas de moda, desfiles, publicidade, novelas, cinema, fotografias etc, há supervalorização da magreza e do que a magreza pode fazer pela mulher, o que a torna cada vez mais longilínea. Todas as Misses de 1970 para cá tem IMC abaixo de 18. A Miss Suécia de 1951 tinha 1,71m de estatura, pesava 68,5 kg, correspondendo a um IMC de 23,4 que, embora normal, seria lamentado por qualquer mulher, estilista, publicitário, produtor de novela, fotógrafo, professor de educação física do nosso tempo, que a conclamariam a emagrecer. Já a Miss Suécia de 1980 tinha 1,75 m, pesava 49 kg e 16,05 de IMC! Minha querida Gisele Bündchen tem 1,79 m pesa 53 kg e IMC de 16,5. Mas aí está a questão: Gisele É NATURALMENTE ASSIM! SUA ESTRUTURA É ASSIM! GENÉTICAMENTE É FEITA DESTA FORMA! É uma exceção e NÃO REGRA GERAL! Como o campeão mundial dos 100m: É UMA EXCESSÃO! O absurdo é transformá-los em padrão.
A imensa maioria das heroínas da TV é excepcionalmente magra. Apenas 5 % estão acima do peso e em papéis jocosos ou caricatos. Assistimos de 400 a 600 comerciais/anúncios/propagandas/dia, todos com imagens femininas idealizadas, exageradamente magras, se tomadas como padrão.
Modelos exercem enorme influência sobre as adolescentes de forma geral e sobre a maneira que se sentem em relação ao próprio corpo. Vários estudos têm sido feito a respeito de como se sentem as adolescentes em relação ao próprio corpo comparando-se com modelos, influenciando-as a um emagrecimento antinatural e excessivo. Meninas que lêem freqüentemente revistas de moda têm de duas a três vezes mais chances de apelar para dietas restritivas a fim de perderem peso, mesmo aquelas que estão dentro de peso normal para a idade e a estrutura.
Desta forma, um padrão idealizado (e se é idealizado não é normal e, portanto, não é padrão) é passada em estímulos explícitos, encobertos e subliminares para as pessoas, especialmente para a mulher, que passa associar, como uma lei, sucesso pessoal, social, profissional, afetivo, enfim, a aceitação de modo geral, com imagens inviáveis de magreza, esquecendo-se do próprio biotipo e à própria estrutura física.

FICA A DICA

NÃO CONFUNDA SUAS EMOÇÕES

2012/11/05 § Deixe um comentário

De repente, sem fome, a pessoa sente um impulso incontrolável e ingere uma grande quantidade de comida em curto período de tempo. O faz muito depressa, quase sem mastigar, na maioria das vezes às escondidas e é tomada de sensação de falta de controle sobre e o quanto come. Habitualmente o faz até sentir-se empanturrada, cansada ou pela presença súbita de outra pessoa. Depois se sente culpada, arrependida, ansiosa e sem autoconfiança. Pessoas compulsivas são muito mais vulneráveis ao à depressão, ansiedade e ao stress. Comem para sanar os efeitos desses sentimentos negativos. Tem dificuldade para ler e identificar suas emoções, confundindo-as com fome. Habitualmente são pouco assertivas, tem dificuldades de relacionamento afetivo e de resolução de problemas.
SERÁ QUE É FOME MESMO….

FICA A DICA

CIRURGIA PLÁSTICA

2012/11/01 § Deixe um comentário

Habitualmente as pessoas que se submetem à cirurgia plástica, tratamento estético ou dermatológico, tem objetivos específicos. Querem tornar-se mais bonitas, atraentes, sanando algo que consideram errado, excessivo ou deficitário em si próprias ou, talvez, ganhar algum tempo contra o tempo. Certamente os profissionais que as atendem esclarecem estes aspectos. Obtidos os resultados, essas pessoas passam a usufrui-los, supostamente melhorando seu bem estar, sua aparência.

Porém existem aquelas que parecem trazer para o profissional da beleza a expectativa inconsciente de que toda sua vida seja resolvida ali, no tratamento ou cirurgia. Conquistar o homem idealizado, melhorar profissionalmente, conseguir sucesso social, prestígio ou mesmo libertarem-se da timidez ou da ansiedade. Estas pessoas são potencialmente candidatas a mostrarem-se insatisfeitas com quaisquer resultados. Ficaram mais bonitas mas a vida não mudou ! Continuam tímidas, ás vezes mal humoradas, somatizando suas insatisfações e o que mais queiramos supor.

FICA A DICA

  • Clínica de Psicologia Corporal Cornacchia

    Fabiana G. Cornacchia
    Tel.: 16 3013 4458
    Cel.: 16 9606 0212
    clinicacornacchia@yahoo.com.br
    Rua Paschoal Bardaro, 1.516, Sala 12
    Jardim Botânico
    Ribeirão Preto- SP

  • Você sabia?

    Que o Excesso de Gordura Corporal é um dos temas mais recorrentes nos principais congressos de profissionais da área de saúde do mundo todo.
    A tentativa de perder peso leva as pessoas a buscarem os mais variados métodos de emagrecimento. Estudos mais recentes apontam que os resultados mais eficientes nessa busca, são obtidos quando existe uma intervenção terapêutica durante o processo.
    A psicóloga corporal intervêm na identificação das causas do aumento de peso. Proporciona um contato direto entre corpo, mente, sensações e emoções. A programação neurolinguística potencializa a forma de comunicação nas ações terapêuticas. Sobretudo, abrange métodos que possibilitam efetivar aquelas ações que vão lhe proporcionar o ganho de extra peso. O foco dessa espécie de tratamento é propiciar uma vida mais saudável, que geralmente, vai além de um corpo dentro das medidas.
    Portanto, fique por dentro e procure o seu psicólogo, antes de entrar e mais uma daquelas “Dietas Milagrosas”.

  • Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 6 outros seguidores

  • Blog Stats

    • 3,974 hits