AJUDINHA NA SUA BATALHA

2012/09/25 § Deixe um comentário

A compulsão alimentar deverá ser tratada com uma forma específica de psicoterapia (Psicoterapia Comportamental e Cognitiva), que tem se mostrado eficaz em estudos e na prática clínica, visando desligar o esquema automático EMOÇÃO-COMIDA. Atua na identificação e no tratamento das emoções que levam a pessoa a comer indevidamente, reconduzindo à redescoberta da referência fome – saciedade que o compulsivo perdeu, e a busca de soluções para as emoções que são confundidas com a fome (ansiedade, stress, depressão ou qualquer outro fator que não a fome, que leve a pessoa a comer). Desta forma, desmonta-se progressivamente o comportamento compulsivo. A pessoa perde peso como conseqüência deste processo, e aí poderá, aderir à reorientação alimentar.

Afinal, engordar pode ser uma forma inadequada de expressar as emoções.

FICA A DICA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento AJUDINHA NA SUA BATALHA no Mente e Corpo.

Meta

%d blogueiros gostam disto: