IDEAL

2012/02/24 § Deixe um comentário

O comportamento alimentar “normal” fica a mercê de estímulos outros que a fome e a saciedade, como no exemplo do nosso cãozinho. Alimentar-se não é mais uma reação a um estímulo interno desconfortável, porém saudável, que provocaria a ingestão do alimento afim de re promover o equilíbrio do organismo. Fatores outros como ansiedade, depressão, tristeza, ócio, impulsividade, rejeição, frustração, baixo controle de impulsos, auto-estima precária levam-nos direto ao prato de comida ou nos afastam dele.Emagrecer não é um “hobbie” e nem “fazer mais uma dieta para perder algum tempo por algum tempo”. É algo muito mais complexo! É trazer o organismo e o PSIQUISMO a um estado de equilíbrio, que somente será possível se as emoções estiverem em ordem! Se a cabeça estiver apta a comandar o processo!

 ESTA É A TAREFA DA PSICOLOGIA NO EMAGRECIMENTO! Conseguir que tenhamos o equilíbrio para COMER quando TIVERMOS FOME e a NÃO COMER quando estivermos ANSIOSOS!

FICA A DICA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento IDEAL no Mente e Corpo.

Meta

%d blogueiros gostam disto: